"CHICO ME EMPRESTA A TUA CIÊNCIA": A INTERMIDIALIDADE NO FILME FEBRE DO RATO DE CLÁUDIO ASSIS

  • Categoria: Artigo
  • Título: “Chico me empresta a tua ciência”: a intermidialidade no filme Febre do Rato de Cláudio Assis
  • Autor: Daniel do Nascimento Santos
  • Resumo: O objetivo deste artigo é abordar a intermidialidade entre as artes, no cinema contemporâneo em Pernambuco, a partir da análise do filme Febre do Rato (2011), do diretor caruaruense Cláudio Assis. Desde a retomada da produção no estado de Pernambuco, na década de 1990, a convergência entre as mídias, do cinema e da música do manguebeat, é manifestada na narrativa e na encenação dos filmes. A abordagem é baseada em procedimentos de análise fílmica propostos por Jacques Aumont e Michel Marie e apoiada nos estudos de intermidialidade, segundo Lúcia Nagib e Samuel Paiva. Diante do exposto, conclui-se que as mídias do cinema e da música, no filme analisado, se combinam na busca da afirmação de uma identidade cultural e na luta por espaços de pertencimento.
  • Instituição: INTERCOM
  • Orientador: Amanda Mansur Custódio Nogueira
  • Ano: 2020
  • Assunto(s): cinema; música; intermidialidade; cinema pernambucano; manguebeat.
  • Disponibilidade: http://www.intercom.org.br/sis/eventos/2020/resumos/R15-1261-1.pdf

© 2021 Cinema Pernambucano. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Dev3code