A Brodagem no cinema em Pernambuco

  • Categoria: Teses de Doutorado - Comunicação
  • Título: A Brodagem no cinema em Pernambuco
  • Autor: Amanda Mansur Custódio Nogueira
  • Resumo: A proposta desta tese é traçar uma história do cinema em Pernambuco a partir da constituição de grupos de cineastas que operam em um modo colaborativo de produção conhecido localmente como brodagem. Nosso intuito é enriquecer as informações históricas sobre a construção dos vínculos afetivos na tentativa de traçar uma fisionomia específica do “cinema de brodagem” sob o ponto de vista do compartilhamento e representação dos sentimentos. A hipótese defendida pelo trabalho é que pela formação em comum, compatibilidade geracional, laços de amizade, frequência aos mesmos ambientes, os cineastas se articulam em torno de uma cena audiovisual representada por um jogo de interesses, afetos e desafetos. O objetivo é trabalhar com os grupos de cinema desde a Retomada, na década de 90, e com um corpus de filmes do cinema pernambucano contemporâneo de ficção, realizados em um contexto de produção comum, financiados por editais públicos, com orçamentos limitados e novos conceitos de distribuição. Definidas as condições socioculturais de formação dos grupos, e, o contexto local no qual a cena audiovisual é inserida, o trabalho se ocupa das imagens. A partir da análise de longas7metragens lançados entre 2008 e 2013, procuramos fazer um mapeamento cinematográfico das emoções: os sentimentos de grupo celebrados explicitamente e, os afetos suspensos, somente percebidos se adentrarmos no sistema da brodagem.
  • Instituição: Universidade Federal de Pernambuco - UPFE
  • Titulação: Doutorado
  • Orientador: Prof. Dr. Paulo Carneiro da Cunha Filho
  • Ano: 2014
  • Assunto(s): Cinema; Pernambuco; Brodagem; Grupos; Sentimentos; Afetos
  • Data da Defesa: 2014
  • Disponibilidade: Pública

© 2021 Cinema Pernambucano. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Dev3code