CÂMARA DE ESPELHOS

  • Gênero: Documentário
  • Ano: 2016
  • Duração: 76 min.
  • Bitola final: Digital
  • Cor: Colorido
  • Sinopse: Construída dentro de uma caixa preta, uma sala de estar recebe homens variados e coloca-os diante do espelho social. O que nos dizem da imagem feminina que se apresenta? E nós? Onde estamos? Dentro, fora ou no limite da caixa? Câmara de Espelhos recorta a mesa de bar do cotidiano, o universo masculino, joga dentro de uma caixa e nos faz olhar para os discursos banais do dia a dia, desfilando a violência que caminha submersa. Como veem a mulher? Criamos um dispositivo específico, com regras e funcionamentos concretos, para que o “novo” pudesse existir. Uma caixa “mal acabada”, que não se pretende completa nem perfeita porque se percebe apenas como possibilidade de reflexão, imagem-símbolo do que nos ronda. O próprio cinema como instância imperfeita e em construção constante. Rodado na cidade do Recife, Brasil, o que parece local torna-se universal, porque a temática do machismo, das relações humanas, das disputas de Gênero, das construções sociais, dialoga com o mundo.
  • Argumento: Dea Ferraz
  • Roteirista: Dea Ferraz e Joana Collier
  • Empresa produtora: Alumia Produção e Conteúdo, Ateliê Produções e Parêa Filmes
  • Produtor executivo: Carol Vergolino
  • Direção de fotografia: Roberto Iuri
  • Desenho e som: Rafa Travassos, Justino Passos e Gera Vieira
  • Direção de arte: Lara Mafra, Nathália Gomes e Elizabete Ferraz
  • Cenógrafo: Hemerson de Souza
  • Principais exibicoes e premiações: 49º Festival de Brasilia do Cinema Brasileiro
  • Link - making-of: https://www.youtube.com/watch?v=UvXXkkzcZYs

© 2021 Cinema Pernambucano. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Dev3code